Atenção

O Blog da ABOMPEL é um espaço para ser utilizado de forma consciente, responsável e democrática.

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Orgulho de Ser policial gaúcho

video

4 comentários:

  1. o pior é que a explicação não disse nada. Será que foi um recurso irônico ou o general não sabe mesmo?

    ResponderExcluir
  2. ISTO É BRASIL...O DISCURSO É UMA COISA,NA PRÁTICA,OUTRA. INJUSTIÇA TOTAL!
    AQUELES QUE DÃO SUA VIDA PARA DEFENDER A ORDEM,A SEGURANÇA E O BEM ESTAR DA SOCIEDADE SEQUER TEM O DIREITO DE RECEBER UM SALÁRIO JUSTO...ENQUANTO ISSO,OS POLÍTICOS DE TODOS OS PARTIDOS QUE NADA FAZEM,RECEBEM SALÁRIOS IMENSOS!UMA VERGONHA E ,UMA TRISTE E INGRATA REALIDADE...

    ResponderExcluir
  3. Na verdade, o que ocorre é uma grande distorção de valores. As pessoas querem segurança, os governos querem segurança, a segurança quer segurança, mas, quanto cada um desses seguimentos esta disposto a pagar por ela? Acho que a policia faz a sua parte, com os parcos recursos que lhe são ofertados, baixos salários, poucos equipamentos, os policiais dão o sangue pela sociedade. E as pessos o que fazem? Por acaso fazem pressão aos governos para a melhoria da vida dos seus guardiões? Ou estão mais preocupados em reclamar e esbravejar "por que a policia não chegou a tempo?", "por que não tinha bombeiro na guarita?" será que o cidadão é digno de tal nome? O instrumento de decisão cabe a ele, mas eu pergunto: Você sabe em quem votou nas últimas eleições? Pois é... E os políticos? Bem esses estão muito preocupados com os índices, não de criminalidade, pois a segurança deles e dos seus familiares é 24 horas, mas os indices de aumento salarial, como vimos na última semana, "será que votamos em 75% ou em 65% o nosso aumento salarial?". Portanto, caros amigos, devemos rever os nossos valores: O que é sociedade, cidadania, respeito e dignidade, talvez assim possamos entender como se faz democracia e questionar o que deve ser questionado. Feliz Ano-novo para aqueles que ainda acreditam em alguma mudança.

    ResponderExcluir
  4. A mudança não começa por 'cima' começa em nossas casas, em nossas atitudes...Utopia, pode até ser, mas se não for assim, somente trocaram os atores a cada pleito, melhor, nem mesmo ocorre uma mudança considerável. O mundo que muitas vezes queremos não esta baseado nos direitos iguais ou no melhor conviver, têm por base aquilo que consideramos adequado. Sendo assim, em que na maioria das ações e atitudes individuais mostramo-nos diferentes daqueles que criticamos tanto. “Esses” ainda mostram-se mais organizados e comprometidos com suas oligarquias celetistas. Ora! Tanta grana para esses que tem obrigação legal de fazer ‘quase tudo, sem ousar um questionar’, sem direito de gritar em vias publicas ou qualquer reunião social ou política. Um novamente, ORA! Vamos nos preocupar com que pode gritar em nossos ouvidos, esses de segurança publica deixa pra lá... Mais fácil é aprovar ‘nossos aumentos’ a LEI nos protege e também OS inibi e se precisar, façamos outras mais rígidas para amordaçar aqueles que ousarem emergir do obscuro-manipulável. PEC, até parece...

    ResponderExcluir